Livros são como sonhos

Atualizado: 23 de jan.

A publicação de três sonhos pela Reality books.

por Kali C.




Dezembro vem trazendo à mente a retrospectiva desse ano que já vai terminando. Uma frase chega pra mim: “Livros são como sonhos”. E como sonhos, mesmo que adormecidos por anos a fio e sobretudo por isso, trazem consigo a magia e a potência de sua realização. Falo por mim, autora do romance de “bolsa” - “A Intratável” - que esteve em profundo sono por 20 anos, e também por minhas amigas Paloma Campos e Marlei Moreira Couto. Ambas, assim como eu, tiveram seus sonhos despertados em 2021. Paloma publicou “Extravasando”, o livro de poesias de sua mãe, Vicência Campos, que dormiu por 30 longos anos. Marlei revelou suas poesias, que nem sei ao certo por quanto tempo estavam guardadas em suas gavetas, em seu livro intitulado “O Farol”. Todas nós trouxemos ao mundo nossos “rebentos” pelas mãos de nossa querida “parteira” Silvia Regina Angerami, nossa “Anja Erami”, como costumo chamá-la. Contamos também com o apoio de amigos queridos e até mesmo de queridos desconhecidos, pois o nascimento de nossos livros foi possível através de campanhas de financiamento coletivo que realizamos pelo site Catarse.

A frase “Livro são como sonhos” veio pra mim porque pensei na citação do filósofo grego Cícero: "Sonhos são como deuses. Se não se acredita neles, eles deixam de existir”. E foi acreditando que hoje existem no catálogo de publicações da editora Reality Books: “A Intratável”, “Extravasando” e “O Farol”.




12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo